Publicado em

A rivalidade entre irmãos é acentuada quando adultos possuem o hábito de compará-los

Que atire a primeira pedra quem nunca pensou em comparar. Aqui não é um espaço para julgamentos, mas sim de reflexão.
Quais são os prejuízos da competição? Diversos! Dentre eles o fato de que sempre vai existir um favorecido e outro em desvantagem, para os dois casos há desnatagens.

Possíveis prejuízos para os “favorecidos”:
– Sensação de superioridade.
– Distanciamento do irmão por se julgar superior.
– Acobertamento de erros para não sair da “zona de quem sempre acerta”, podendo criar o hábito de mentir.
Possíveis prejuízos para quem fica em desvantagem: 
-Sensação de inadequação.
-Baixa autoestima.
-Falta de motivação para tentar modificar certos aspectos.

O parâmetro mais ideal de comparação encontra-se no espelho. 
Que tal comparar a criança com ela mesma? Sem dúvidas o tempo também trouxe avanços para ela.


Publicado em

O que muda na adolescência?

Já tinha parado para pensar na quantidade de mudanças que essa fase proporciona?
.
Mudanças de dentro para fora, questionamentos que parte dos familiares, dos grupos, da sociedade e de si.
Quantas experiências a fase da adolescência nos proporciona.
– As informações dadas sobre essa fase visam, acima de tudo, quebrar um pouco do conceito de “aborrecência” que gera uma barreira negativa sobre o processo de adolescer.
– Conhecimento e empatia para criar mais pontes e menos barreiras entre os jovens e os adultos.
– Psicóloga Tamara Maia – CRP: 11/09971.